Buscar

5 Erros Básicos No Aquecimento Do Seu Treino De Natação (Ou Qualquer Outro Esporte)


Enquanto cientistas ainda travam batalhas em seus artigos acadêmicos sobre qual o melhor aquecimento para um treino de natação, nós da Ciência do Atleta fomos buscar quais são os maiores erros cometidos por atletas e treinadores na execução de um aquecimento.

1-Excesso de volume, famoso "encher linguiça"

O terror de todo atleta já cansado pela semana desgastante de treinos, ao ouvir seu técnico passar um aquecimento gigantesco, com metragens desnecessárias, entediantes, massacrantes e desanimadoras. Muitos técnicos ainda "enchem linguiça" no aquecimento apenas para atingir determinada metragem ao final do treino. Será que isso é mesmo necessário?


2-Aquecimento relâmpago

Você termina o aquecimento e percebe que nem molhou o cabelo ainda! Isso parece perfeito, ótimo para aquele dia que tudo que você quer é chegar na piscina, fazer a série principal e ir embora pra casa. "200 solto e começamos os tiros"... Apesar de parecer um sonho, a falta de aquecimento evita que seu corpo esteja preparado para os estímulos do treino, podendo levar a lesões, excesso de fadiga, dificuldade em atingir tempos e objetivos fisiológicos. Cuidado com a preguiça!

3-Aquecimento inespecífico


Quando vamos fazer um aquecimento precisamos saber qual o objetivo do treino! Não adianta fazermos um aquecimento preparando nosso corpo apenas para uma série de aeróbio sendo que nossa série principal é de velocidade. O aquecimento deve sempre preparar seu corpo para o esforço e estímulo que serão a meta da sessão de treino. Seus resultados serão muito melhores se fizer o “warm up” correto!

4-Aquecimento engessado “Padrão”


Vamos partir do princípio que não somos iguais, nossos

corpos são diferentes, temos metabolismos diferentes, nossas necessidades técnicas são totalmente diferentes, então por que técnicos dão muitas vezes o mesmo aquecimento para toda a equipe? Aquecimento pode sim ter partes em comum, mas cada atleta tem suas particularidades e necessidades. Ter muitos atletas em sua equipe pode dificultar essa individualidade, então por que não dar várias opções de aquecimento e ou deixar o aquecimento livre estipulando um tempo limite para a execução do mesmo?


5-Aquecimento cego

Você atleta já se questionou o por que de cada parte do aquecimento? Por que os 200m solto? Por que dos educativos? Por que essa série de perna? Um bom atleta é aquele que sabe o que faz e como faz. Se seu técnico te der um aquecimento livre você sabe o que realmente precisa fazer? Pense nisso, converse com seu técnico e aprenda com ele! Seu treino ganhará muito mais qualidade, e ao saber o que está fazendo seu feedback para seu técnico será muito mais concreto e confiável ajudando inclusive na formulação das próximas sessões.

BONS TREINOS!

Cometários, dúvidas, críticas, sugestões? Entre em contato clicando aqui!

#natacao #aquecimento #errosnoaquecimento #atletadenatacao

152 visualizações

Ciência do Atleta. 

Questionando o senso comum no esporte

© 2016 by Renata Sander